Quinta, 11 Janeiro 2018 08:35

Justiça nega habeas corpus para bruxo suspeito de esquartejar crianças no RS

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Reprodução

O desembargador Sylvio Baptista Neto, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, negou nesta quarta-feira o pedido de liberdade do "bruxo" suspeito de ter esquartejado duas crianças durante possível ritual macabro. Assim, o homem seguirá preso por tempo indeterminado.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, na decisão, o desembargador pediu mais informações do caso ao Foro de Novo Hamburgo. Detalhes sobre a liminar não foram divulgadas já que o processo tramita em segredo de justiça.

Esse é o segundo pedido de habeas corpus do bruxo negado pela Justiça. O primeiro foi no dia 5, quando o juiz Sandro Luz Portal negou o pedido realizado pela então advogada do investigado, Denise Dal Molin Pellizzoni. Na liminar, Portal alegou que a prisão era necessária "em face da complexidade do crime investigado, cuja dimensão, certamente, oferta obstáculos à investigação policial".

 

CP

Ler 712 vezes

Usuários Online

Temos 2374 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Promoção ZERO GRAU!

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Caçadores que mataram onça ameaçada de e…

TEMPO

Terça-feira com possibilidade de tempera…

TRÂNSITO

Jovem morre ao colidir em carreta estaci…

GERAL

Empresário doa ambulância de R$ 250 mil …

JUSTIÇA

Prefeito é denunciado por pedofilia no N…

ESPECIAL

Trator cai em esterqueira no interior de…

ESPECIAL

Bergamoteira surpreende pela grande quan…

TRÂNSITO

Caminhão fica preso em barranco em Tirad…

POLÍCIA

Homem esfaqueado segue internado na UTI …

MUNDO

Com doença terminal, mãe escreve cartas …

REGIÃO

Homem morre afogado em rio no Noroeste d…

POLÍCIA

Bicheiro é abordado pela polícia em Boa …

...