Sábado, 13 Janeiro 2018 22:30

PMs do interior serão convocados para reforçar segurança no julgamento de Lula

Avalie este item
(1 Votar)

Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Com a proximidade do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para 24 de janeiro, algumas medidas de segurança começaram a ser anunciadas. A Brigada Militar convoca, a partir da próxima semana, policiais militares do interior e do litoral para reforçar a segurança em Porto Alegre. Serão chamados policiais do Batalhão de Operação Especial (BOE) de Santa Maria e de Passo Fundo para Porto Alegre. E também, de forma gradativa, policiais do Comando de Policiamento da Capital (CPC), que estão na Operação Golfinho, no Litoral gaúcho.

Em nota, a SSP confirmou que a medida faz parte do planejamento estabelecido pelo Gabinete de Gestão Integrada instalado para o acompanhamento do julgamento. A decisão ocorreu dois dias após as lideranças das bancadas estaduais do PT, do PCdoB e do PSOL solicitarem uma audiência com o governador José Ivo Sartori para tratar da segurança durante as manifestações programadas para os dias 22, 23 e 24. Na oportunidade, o chefe de Gabinete do Governador, João Carlos Mocellin, afirmou que o assunto estava sendo conduzido pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) e a Seção Judiciária do Rio Grande do Sul (SJRS) também divulgaram alterações em seus expedientes e a suspensão dos prazos processuais e das intimações nos processos físicos e eletrônicos em trâmite nas duas instituições nos dias 23 e 24.

No dia anterior ao julgamento, o expediente nos dois locais será apenas pela manhã. No dia do julgamento não haverá expediente na SJRS. Já no TRF4, apenas os servidores diretamente envolvidos com a realização e apoio da sessão de julgamento estão convocados. “A suspensão leva em conta as medidas que estão sendo adotadas pelos órgãos de segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul e pela Polícia Federal para garantir a segurança do público interno e externo durante a realização do julgamento”, justificaram as duas instituições em nota.

 

CP

Ler 581 vezes

Usuários Online

Temos 22200 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Caminhoneiro morre em acidente na BR-285…

POLÍCIA

Gerente do Sicredi está desaparecido no …

JUSTIÇA

STF reafirma que é crime fugir do local …

ESPECIAL

Jovem é socorrido após cair de prédio ab…

POLÍCIA

Pai mata filho com um tiro de espingarda

CIDADE

Formação de novos soldados começará no d…

TRÂNSITO

Mais uma viatura da Brigada Militar se e…

CIDADE

Sine disponibiliza cinco vagas de empreg…

ESPECIAL

Bebidas e cigarros são apreendidos na BR…

MODA

Veja onze famosos que cresceram com o EG…

MODA

O EGO se despede e relembra flagrantes i…

MODA

Relembre as 10 reportagens de beleza mai…