Quarta, 11 Julho 2018 18:12

Theresa May detalha plano para o Brexit com ênfase em área de livre comércio

Avalie este item
(0 votos)

Proposta para as relações com a União Europeia recebeu críticas dentro de seu próprio partido e provocou o afastamento de dois ministros ligados ao Brexit nos últimos dias. Documento de 98 páginas dá a entender que Londres espera manter laços estreitos com o bloco. A primeira-ministra britânica Theresa May na chegada do segundo dia de reuniões da OTAN, em Bruxelas, na quinta-feira (12) Tatyana Zenkovich/Pool/AFP A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, publicou sua proposta para as relações com a União Europeia após o Brexit, nesta quinta-feira (12), colocando em seu centro um plano para uma área de livre comércio de bens que irritou muitos de seu partido.
Na diretriz de governo longamente aguardada, seu governo disse que sua posição de negociação "evoluiu", mas que está se atendo a seus princípio para o Brexit, a maior mudança nas políticas externa e comercial britânicas em décadas. O documento de 98 páginas, que provocou a renúncia de dois de seus principais ministros nesta semana, dá a entender que Londres espera manter laços estreitos com o bloco, participando de suas agências dedicadas a produtos químicos, aviação e remédios. Mesmo antes de sua publicação o texto não recebeu um endosso entusiasmado do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que disse em Bruxelas que não está seguro de que a nova abordagem de May é o que o Reino Unido escolheu em um referendo de 2016. Houve uma grande alteração para o gigantesco setor de serviços financeiros britânico, já que o governo descartou os planos de laços estreitos nessa área que a City de Londres preferia em troca de um acordo que oferece flexibilidade, mas um acesso mais limitado aos mercados. "Deixar a União Europeia envolve desafio e oportunidades. Precisamos nos colocar à altura do desafio e aproveitar as oportunidades", escreveu o ministro do Brexit, Dominic Raab, nomeado na segunda-feira, na introdução do documento. "Esta é a abordagem certa - tanto para o Reino Unido quanto para a UE. O Documento Branco delineia em detalhes como funcionaria", acrescentou, usando o nome como o documento é chamado. Faltando menos de nove meses para deixar o bloco, May vem sendo pressionada por empresários, autoridades da UE e seus próprios parlamentares para esclarecer sua posição de negociação e desbloquear as conversações quase travadas do Brexit. Ela costurou um acordo em sua residência de campo de Chequers na sexta-feira passada, mas a iniciativa foi minada rapidamente quando dois de seus principais ministros e defensores do Brexit entregaram seus cargos em protesto contra seu plano de manter laços comerciais estreitos com a UE. Sua equipe espera que a publicação do documento branco, amenize os receios de muitos defensores da desfiliação após a saída de seu ex-ministro de Relações Exteriores, Boris Johnson, e de seu ex-negociador do Brexit, David Davis.
Ler 49 vezes

Usuários Online

Temos 676 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TEMPO

Temperaturas sobem em todo o Estado e ma…

INUSITADO

Motorista de 23 anos foge da polícia por…

ESPECIAL

Duas vítimas de acidentes na BR-468 segu…

SEGURANÇA

Com capacidade para 115, presídio de Trê…

POLÍCIA

Assalto à residência termina com bandido…

ESPECIAL

Vídeo – Malabarista do Chuí chama atençã…

ESPECIAL

Brigada Militar intensifica fiscalização…

REGIÃO

Eleita nova Mesa Diretora da Câmara de V…

TEMPO

Granizo assusta moradores em cidade no c…

TRÂNSITO

Motorista que fugiu após acidente na ERS…

POLÍCIA

Homem invade apartamento e estupra mulhe…

CIDADE

Três-passense procura por irmã que foi e…

...