Segunda, 30 Março 2015 15:54

EXCLUSIVO - Empresa que apontou falhas no inquérito policial da morte de Odilaine responde delegada de Três Passos

Avalie este item
(0 votos)

Confira nota de esclarecimento/Foto: Reprodução

A empresa de investigações e perícias criminais Sewell Investigações e Perícias, de São Paulo, contratada pela família de Udilaine Ugione para analisar os laudos oficiais do inquérito policial envolvendo a morte da mãe do menino Bernardo e que apontou uma série de falhas no processo, encaminhou à redação do Três Passos News na manhã desta terça-feira, 31, uma nota de esclarecimento em resposta à declaração da delegada de Polícia Civil de Três Passos, Caroline Bamberg Machado, que, em entrevista ao programa Fantástico no último domingo, 29, afirmou que não leva muita fé em perícia particular.

A delegada Caroline investigou a morte de Bernardo e também foi a responsável pela investigação da morte da mãe do menino. Ela disse que não há nenhum indício de que Leandro Boldrini tenha envolvimento no suicídio de Odilaine. “Não houve erro na investigação. O que não pode é querer forçar uma situação que não existiu, que não ficou provado. Eu não levo muita fé em pericia particular. Eu não posso me basear nisso. Eu tenho que me basear no quê? Em fatos”, disse a delegada ao repórter do programa.

Conforme a polícia, Odilaine teria cometido suicídio dentro do consultório do pai de Bernardo, Leandro Boldrini, no dia 10 de fevereiro de 2010. No inquérito policial, consta que ela comprou um revólver calibre 38 pouco antes de ir à clinica. Além disso, também há o registro de um bilhete em que a secretária do médico, Andressa Wagner, entregaria ao patrão, alertando sobre a chegada de Odilaine. O processo conta com depoimentos de testemunhas que estavam na sala de espera no dia da morte e com documentos referentes a uma possível divisão da pensão a ser paga após o processo de separação do casal.

Já a defesa da família Uglione alega que houve falhas na investigação da morte da mãe de Bernardo, entre as principais, estão divergências quanto ao exato local da lesão no crânio de Odilaine; existência de lesões no antebraço direito e lábio inferior da vítima; lesões em Leandro Boldrini; vestígios de pólvora na mão esquerda da vítima, que era destra; ausência de exame pericial em Boldrini, uma carta forjada que teria sido deixada pela mãe de Bernardo e a própria morte do garoto, que configuraria um fato novo.

A defesa da família Uglione tenta pela terceira vez reabrir as investigações. Novas informações foram solicitadas à Polícia Civil pelo Ministério Público de Três Passos, que poderá reabrir o caso nos próximos dias. Caso o pedido seja negado, o advogado de Jussara Uglione, mãe de Odilaine e avó de Bernardo, Marlon Taborda, deverá entrar com recurso no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Nota de Esclarecimento

Em virtude do descaso e tentativa de minimizar a importância de nosso trabalho profissional, deixamos claro que a empresa Sewell Investigações e Perícias, devidamente registrada conforme a legislação brasileira e dentro dos seus parâmetros e atribuições legais, presta serviços de Investigação Criminal Forense de forma particular em prol de imputados ou vítimas que não concordam com os laudos oficiais ou estão sendo prejudicados pelos mesmos.

Nossa empresa é formada e fortalecida por Investigadores e Peritos Criminais Forenses altamente qualificados, registrados no Colégio de Criminalistas do Chile COLCRIM, com estudos no grau acadêmico de Licenciatura em Ciências Criminais e Policiais em Universidades Internacionais de Prestigio, atualmente atuando como Peritos e Investigadores Privados, Assessores Criminais em escritórios de Advocacia, empresas, Peritos Oficiais e Assistentes técnicos em diversas varas Cíveis e Criminais do Brasil.       

O desenvolvimento de um Parecer Técnico (laudo) realizado pelos nossos peritos e investigadores está amparado em conhecimentos adquiridos após cursar na sua grande maioria 5 a 6 anos de faculdade no exterior, formados como Licenciados em Ciências Criminais e Policiais, cursos ainda inexistentes no Brasil.

A partir desta nota esclarecedora da importância e profissionalismo da nossa empresa, colocamos em conhecimento da sociedade Brasileira, que de fato nossos trabalhos investigativos e periciais transmitem absoluta confiança, veracidade, profissionalismo e legalidade, uma vez que os mesmos são desenvolvidos por “Cientistas Forenses”.

Nossa empresa tem como único objetivo o “COMPROMISSO COM A VERDADE”.

(Eduardo Llanos – Diretor - Especialista em Ciências Policiais)

VEJA TAMBÉM

Documento pode reabrir investigação sobre a morte da mãe de Bernardo em Três Passos

http://www.trespassosnews.com.br/noticias/item/5649-documento-pode-reabrir-investiga%C3%A7%C3%A3o-sobre-a-morte-da-m%C3%A3e-de-bernardo-em-tr%C3%AAs-passos

Ler 12114 vezes Última modificação em Terça, 31 Março 2015 22:26

Usuários Online

Temos 1191 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Máquina da prefeitura cai de caminhão em…

ESPECIAL

Morre fundador da Madeireira Larssen e e…

TEMPO

Primeiro o calor, depois a chuva e agora…

ESTADO

Rio Grande do Sul fecha 6.521 vagas de e…

VARIEDADES

Atenção com a Nota Promissória - Por Fer…

ESTADO

Doze prefeituras estão com inscrições ab…

ESPECIAL

Ambulância do SAMU para por falta de man…

JUSTIÇA

Justiça determina sobrinho e município a…

TRÂNSITO

Soldado da BM morre após atropelar caval…

MUNDO

Empresa de colchões procura funcionário …

ESTADO

Ovelha dá à luz quatro cordeiros de uma …

INUSITADO

Homem dirige sozinho até delegacia com f…

...