Foto: Reprodução

Os bombeiros retomaram na manhã desta quinta-feira (25) as buscas a um caminhoneiro que desapareceu no Rio Caveiras, entre os municípios de Campo Belo do Sul e São José do Cerrito, na Serra catarinense. O caminhão caiu no rio e foi arrastado pela correnteza na quarta-feira (24). Os trabalhos do Corpo de Bombeiros contam com auxílio de um drone e de mergulhadores.

O motorista de 59 anos é morador de Lages. Ele tentou atravessar a ponte de concreto sem guard-rail na localidade de Travessão. Segundo os bombeiros voluntários de Campo Belo do Sul, por causa da chuva da noite de terça (23) havia uma lâmina de água de 15 centímetros de altura na estrutura.

Moradores relataram aos bombeiros que o homem conseguiu sair do veículo. As testemunhas foram buscar uma embarcação, mas quando voltaram não viram mais o homem e acionaram os bombeiros, por volta das 13h30.

Na quarta, equipes dos bombeiros voluntários e militares realizaram buscas até o fim da tarde, mas o homem não foi encontrado. Nesta quinta, os bombeiros militares retomaram os trabalhos por volta das 8h. A princípio, o motorista estaria sozinho no caminhão.

 

G1

Publicado em DIVERSOS

Foto: Reprodução

A equipe do Bombeiro Voluntário de Campo Belo do Sul - SC está se deslocando até o interior do município para fazer buscas do motorista de um caminhão baú, que caiu da ponte do Rio Caveiras na localidade de Travessão.

Divisa entre o município de Campo Belo do Sul e São José do Cerrito. Ainda de acordo com as informações preliminares, seria um caminhão que entrega doces, caminhão baú de pequeno porte.

Equipe de especialistas em buscas subaquáticas do 5º BBM deslocam para cidade Campo Belo do Sul no local onde houve queda de um caminhão no rio e há um masculino desaparecido.

 

São Joaquim Online

Publicado em GERAL

Foto: Facebook/Reprodução

Um jovem morreu afogado nas águas do rio Ijuí, na manhã de sexta-feira, 19, em Roque Gonzales, na Região das Missões, no Noroeste do RS. A tragédia aconteceu, por volta das 8h, no momento em que a vítima pescava com amigos e resolveu nadar no rio. Os bombeiros de São Luiz Gonzaga resgataram o corpo de Emerson Ricart de Souza, por volta das 10h50, próximo a uma usina. Emerson era natural do de Nova Londrina - PR.

Publicado em REGIÃO

Cobra não foi encontrada pelas equipes da PATRAN. Foto: Divulgação

Sem sinais da cobra gigante, que testemunhas afirmam ter sido vista durante o afogamento de menino no último dia de 2017, a PATRAM – Polícia Ambiental deveria encerrar as buscas na sexta-feira, 12, no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS. As informações são do Atmosfera Online.

Equipes vasculharam a região tentando encontrar o animal, que seria uma sucuri, desde o dia 1º de janeiro, mas os policiais não conseguiram encontrar vestígios que comprovam sua existência no local. Uma varredura foi realizada na região próxima de onde a criança de 12 anos morreu afogada no dia 31 de dezembro. As buscas se estenderam por cerca de 7 km abaixo do ponto onde ocorreu o afogamento, e apenas um local de mata muito fechada, localizado cerca de 2 km rio acima, não pode ser vasculhado.

Segundo relato de testemunhas a cobra, de grande tamanho, foi vista por diversas vezes no local, e familiares do menino que morreu afogado afirmam que ela foi vista ao lado dele no momento do acidente. O laudo de necropsia não identificou no corpo do menino sinais de um possível ataque, mesmo assim o Comando da Brigada Militar optou por manter uma equipe da PATRAN fazendo buscas na região para tentar confirmar a existência do animal.

Publicado em GERAL

Foto: Reprodução

A Polícia Civil segue investigando as causas da morte do menino de 12 anos que se afogou em um rio, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS. Os relatos sobre a possibilidade da existência de uma cobra na região também estão sendo considerados pela polícia. As informações são da Band.

O delegado responsável pelo caso, Adroaldo Schenckel, acredita que esta definição serviria apenas para uma prevenção de possíveis ataques do suposto animal na região. As suspeitas sobre a presença do animal aumentaram a partir da divulgação na imprensa da região de um suposto laudo médico, onde afirmaria que o menino teria indícios do ataque do animal. Entretanto, este laudo não existe de acordo com o delegado.

Populares da região afirmam que o animal existe devido ao tráfico de um fazendeiro da região. Autoridades ambientais como a Patran, o Ibama e a Fundação Zoobotânica fazem o trabalho de buscas pelo animal. O cientista Roberto Batista, da Fundação Zoobotânica, especialista em ofiologia, o estudo das serpentes, afirma que caso a cobra exista, ela buscaria um rio ou um outro ambiente aquático, como dizem os relatos. Entretanto, ao contrário do que apresentou o laudo do Instituto Geral de Perícias, caso a criança tenha sido atacada por um animal deste porte, ela provavelmente apresentaria alguma marca. “Esse animal primeiro morde a presa e depois se enrola no corpo da presa”, explica o especialista.

As autoridades ambientais seguirão fazendo estudos na região para identificar uma possível presença da serpente. Entretanto, eles afirmam que é impossível provar que ela não existe. A Polícia Civil seguirá ouvindo testemunhas da região na tentativa de identificar a circunstância da morte do menino.

Publicado em POLÍCIA

Familiares afirmam que menino foi atacado por cobra. Foto/Vídeo: AUOnline/Reprodução/TP News

A morte do menino Guilherme da Silva, de 12 anos, que morreu na localidade de Linha Butiá Grande, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, ocorreu por afogamento, segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP) que divulgou a causa da morte na tarde desta terça-feira, 2, em Passo Fundo. As informações são da Gaúcha ZH.

A família do menino afirma que ele foi atacado por uma cobra gigante, no entanto o laudo do IGP aponta que ele morreu por afogamento. Conforme o resultado do exame, foram encontrados sinais internos de asfixia, além de sinais específicos de afogamento, o que dá elementos para afirmar que a morte foi devido à asfixia mecânica por afogamento. Segundo o IGP, os membros não apresentavam fraturas. Foi coletado um fragmento de pulmão para pesquisa de plâncton, exame confirmatório de afogamento.

O Corpo de Bombeiros emitiu um alerta orientando que seja evitada a área onde aconteceu o acidente.  A corporação realiza buscas pela cobra que os familiares afirmam ter atacado o menino. A orientação é não transitar no local próximo ao rio.

Necropsia do IML

A necropsia realizada, na tarde de segunda-feira (1), no corpo do menino Guilherme da Silva, 12 anos, confirmou que ele foi morto por um ataque de cobra. No exame, ficou comprovado que vários ossos foram quebrados por uma pressão mecânica muito forte, inclusive um braço e costelas, o que não ocorre em um simples afogamento em riacho. O menino também ingeriu muita água, segundo a Rádio Uirapuru.

Publicado em REGIÃO

Necropsia confirmou que cobra atacou a criança. Foto: AU Online/Divulgação

O corpo do menino Guilherme da Silva, de 12 anos, morador de Passos Fundo, que desapareceu na tarde de domingo, 31, enquanto se banhava no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, foi localizado no final da manhã desta segunda-feira, 1. As informações são da Rádio Uirapuru.

O menino e o irmão, de 15 anos, foram puxados de forma rápida para uma parte mais funda. Um adulto resgatou o mais velho, mas Guilherme foi levado por uma cobra, que se enrolou na perna do menino rapidamente, segundo três testemunhas.

O Corpo de Bombeiros de Getúlio Vargas e de Passo Fundo iniciaram as buscas no domingo, mas o menino não foi localizado. Na manhã desta segunda, vizinhos e parentes organizaram uma grande equipe de buscas por todo o rio e acabaram localizando o corpo.

Necropsia confirma que menino foi morto por ataque de cobra

A necropsia realizada pelo IML, de tarde, segundo a Rádio Uirapuru, no corpo do menino, confirmou que ele foi morto por um ataque de cobra em Ipiranga do Sul. No exame, ficou comprovado que vários ossos foram quebrados por uma pressão mecânica muito forte, inclusive um braço e costelas, o que não ocorre em um simples afogamento em riacho.

Moradores do local garantem que existem no mínimo quatro cobras gigantes, que já foram avistadas na área e que com frequência comem os animais domésticos. As cobras se procriaram na região depois que um morador das proximidades trouxe várias delas do Mato Grosso e largou em um açude, que se rompeu depois, durante uma enchente.

O QUE DIZ O LAUDO OFICIAL DO IGP

http://www.trespassosnews.com.br/mais-lidas/item/19531-morte-de-menino-em-rio-no-rs-foi-por-afogamento-conclui-igp

 

*Atualizada às 17h40 de terça-feira, 2.

 
Publicado em ESPECIAL

Foto: Ilustração

Um menino de 12 anos está desaparecido desde o final da tarde de domingo, 31, após entrar em um rio na cidade de Ipiranga do Sul e ser atacado por uma cobra, conforme testemunhas.

O menino se banhava com o irmão, de 15 anos, quando os dois foram arrastados na água rapidamente. O irmão de 15 anos foi resgatado por um adulto, mas o mais jovem acabou desaparecendo nas águas.

Ele foi identificado como Guilherme da Silva, 12 anos, morador de Passo Fundo e que estava na cidade para confraternização com parentes, junto com sua família.

Há relatos de três testemunhas que afirmam ter visto uma cobra enrolada na perna do menino, provavelmente uma sucuri. As testemunhas afirmaram que a cobra era de grande porte e se enrolou rapidamente, puxando o menino para o fundo do rio.

Bombeiros de Getúlio Vargas tentaram localizar o menino, sem sucesso. Na manhã desta segunda-feira, 1, Bombeiros de Passo Fundo e policiais do Batalhão Ambiental devem ajudar nas buscas.

 

Rádio Uirapuru

Publicado em REGIÃO

Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Tiradentes do Sul, conclui nessa semana mais uma importante obra para os munícipes, a reconstrução da ponte de madeira, sobre o Rio Lajeado Grande na Ressaca do São Francisco, a ponte liga Tiradentes do Sul a Crissiumal.

A ponte que estava interditada desde o mês de abril, quando teve parte de sua estrutura levada pelas águas. Com 24 metros de extensão, a ponte teve todo o madeiramento substituído, juntamente com um maior reforço nas estruturas de ferro. A ponte dá acesso a estradas rurais e por ela trafegam veículos de passeio, transporte agrícola.

A gestão do prefeito Alceu Diel entende que a manutenção das pontes, bueiros e das estradas rurais, são uma das grandes prioridades do município facilitando assim a vida dos produtores.

 

Assessoria de Imprensa

Publicado em DIVERSOS

Foto: WhatsApp

Um veículo saiu da pista e caiu dentro do rio Ijuí na manhã deste domingo, 12, em São Luiz Gonzaga, na Região das Missões, no Noroeste do RS.

O acidente aconteceu na ERS-168 e deixou dois jovens feridos. As vítimas conseguiram sair do carro antes da chegada das equipes de socorro.

O veículo, um Malibu, de cor prata, permanece parcialmente submerso no local. As informações são da Rádio São Luiz.

Publicado em TRÂNSITO
Página 1 de 2

Usuários Online

Temos 2395 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Promoção ZERO GRAU!

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Caçadores que mataram onça ameaçada de e…

TEMPO

Terça-feira com possibilidade de tempera…

TRÂNSITO

Jovem morre ao colidir em carreta estaci…

GERAL

Empresário doa ambulância de R$ 250 mil …

JUSTIÇA

Prefeito é denunciado por pedofilia no N…

ESPECIAL

Trator cai em esterqueira no interior de…

ESPECIAL

Bergamoteira surpreende pela grande quan…

TRÂNSITO

Caminhão fica preso em barranco em Tirad…

POLÍCIA

Homem esfaqueado segue internado na UTI …

MUNDO

Com doença terminal, mãe escreve cartas …

REGIÃO

Homem morre afogado em rio no Noroeste d…

POLÍCIA

Bicheiro é abordado pela polícia em Boa …

...